Intelligent Transport Systems & Services

its esquemaOs Sistemas e Serviços Inteligentes de Transporte (ITS do inglês Intelligent Transport Systems and Services) constituem aplicações avançadas que visam proporcionar serviços inovadores relacionados com diferentes modos de transporte, a fim de tornar o uso das redes de transporte mais seguro, mais coordenado e "mais inteligente".
O termo nasce nos anos 80, quando um grupo de profissionais reconhece o impacto que a revolução nas comunicações pode assumir na área dos transportes. Pretende-se a aplicação dos conhecimentos de Engenharia ao desenvolvimento de soluções inovadoras, aplicando o estado-da-arte ao nível da investigação no meio académico.


Objetivos a alcançar

Os Sistemas e Serviços Inteligentes de Transporte incluem telemática e todos os tipos de comunicações em veículos, entre veículos (por exemplo, carro-carro), e entre veículos e locais fixos (por exemplo, carro-infraestrutura). No entanto, a sua utilização não é restrita aos transportes rodoviários, também incluem o uso de tecnologias da informação e comunicação (TIC) no transporte ferroviário, marítimo e aéreo, incluindo sistemas de navegação, e podem ser utilizados por passageiros e para transporte de carga.
À medida que aumenta a difusão e o desenvolvimento de produtos, as aplicações ITS tornam-se uma caraterística e parte integrante do “tecido” dos transportes. A integração das tecnologias existentes é aliada à inovação para criação de novos serviços.


ITS em Portugal

Recentemente, a Lei nº 32/2013, publicada em Diário da República a 10 de maio, reconhece a implementação e utilização de sistemas de transportes inteligentes, no transporte rodoviário, inclusive nas interfaces com outros modos de transporte, transpondo a Diretiva nº2010/40/EU do Parlamento Europeu e do Conselho, a 7 de julho.


ITS na Europa

its mapaPor toda a Europa é possível identificar entidades que zelam pela promoção e implementação das aplicações dos Sistemas e Serviços Inteligentes de Transporte.

Estas entidades agrupam-se numa rede denominada ERTICO, fundada por iniciativa de dirigentes da Comissão Europeia, Ministérios dos Transportes e da Industria.   (fonte website ITS network, 2013)

 

 

 

 


Os ITS nos diferentes Modos de Transporte Rodoviário

Sistemas de comunicação sem fios dedicados ao transporte rodoviário e Telemática de tráfego, para fornecer conetividade na rede entre veículos. Estes projetos tecnológicos fazem parte de iniciativas mais amplas sobre questões como a segurança rodoviária (por exemplo, iniciativa eSafety da Comissão Europeia) e portagens.

Ferroviário

As indústrias de ferrovias concordaram com a utilização GSM para a sinalização de ferrovias de alta velocidade, bem como para o transporte ferroviário convencional, quando opera através das fronteiras nacionais. Dentro da Europa, a interoperabilidade das ferrovias de alta velocidade é uma exigência regulatória, dirigida pela Diretiva 96/48/CE da Comissão Europeia.

Aéreo

As aplicações aeronáuticas estendem-se a serviços profissionais, tais como sistemas de controlo de tráfego aéreo, de serviços para os passageiros, como a telefonia a bordo.

Marítimo

No setor marítimo as aplicações apoiam as operações marítimas de rotina, incluindo a navegação, bem como para fins de segurança. 

SIGA-NOS

Facebook    LinkedIn   YouTube

ENVIE UM EMAIL

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

LIGUE-NOS

Tel. (+351) 213 104 166
Fax (+351) 217 816 009

ONDE ESTAMOS

Av. da República, 6 - 7º Esq
1050 - 191 Lisboa, Portugal

NETWORK

ITS Nationalsertico